Guia para aprender como abrir uma loja de make online

Olá Ruby Lovers,

Você já pensou em ter uma loja online, em empreender e se tornar a sua própria chefe? Legal né? Pois esse é o assunto do momento.

Atenção as necessidades do mercado

Devido a pandemia do COVID-19, muitas pessoas e pequenos negócios precisaram se readaptar ao “novo normal” e por isso, os hábitos dos consumidores mudaram, agora a tendência é comprar online.

Essa é a estratégia que muitos negócios tomaram. Sem dúvidas, é uma forma de ter uma renda extra ou se já possui um negócio, sair da crise e alavancar as vendas.

Pensando nisso, elaboramos um passo a passo rápido para descomplicar isso para você, com dicas super legais para você começar o seu negócio já. Pega o papel e anota essas dicas.

E-commerce ou Instagram?

Antes de mais nada, vou te dizer que existem diferentes formas de vender online.

Você pode criar um e-commerce ou vender pelo Instagram, que é o que muitas pessoas começaram a fazer nos últimos tempos. Certamente éa forma mais simples, rápida e prática de vender.

Uma das dúvidas mais comuns na hora de pensar em criar um Ecommerce é sobre o quanto de dinheiro deve ser investido. Muitas pessoas sonham em ter seu próprio negócio, mas não tiram os planos do papel por medo de faltar dinheiro e de fracassar. Mas será que é tão caro e difícil criar um Ecommerce? Vamos descobrir a seguir.

Ter um e-commerce não é nenhum bicho de sete cabeças e sem dúvidas, o e-commerce é bem mais barato e mais fácil do que ter uma loja física. Uma opção ainda mais vantajosa e barata é o Instagram, como mencionei acima.

Vantagens de ter um e-commerce

Com o e-commerce você reduz gastos de ter que alugar ou comprar um espaço, e pagar as contas que este lugar teria, além de não precisar ter uma equipe grande e pagar o salário destes funcionários, você consegue dar conta sozinho no começo. A outra vantagem que o e-commerce tem referente a uma loja física é a questão de ter baixo investimento em estoque, podendo vender sob demanda.

Agora vamos as dicas:

Defina o seu nicho, público alvo e o modelo de negócio

O primeiro passo é definir qual será o nicho. Por exemplo, você pode criar uma loja de maquiagem, que inclusive é uma ótima ideia para quem é revendedora Ruby Rose ou quer se tornar porque assim você alcança mais pessoas, além é claro de poder contar com a ajuda do marketing digital.

Caso você queira se tornar revendedora, confira esse mini manual que eu fiz com um passo a passo:

Manual Completo sobre como se tornar revendedora Ruby Rose

Analise a concorrência e se ligue nas tendências

Uma dica extra aqui é analisar a concorrência.

Veja se o mercado e o nicho escolhido já não estão saturados.  Além disso, é muito bacana estar antenado nas tendências de consumo para entender o que o consumidor mais está procurando e pense em estratégias para se destacar diante os concorrentes.

Estabeleça o seu público alvo

Outra coisa fundamental antes de abrir a loja online é estabelecer qual será o seu público alvo, que é o potencial cliente que irá comprar no seu site. Você deve entender quais são os anseios, desejos e dores dele, qual classe social ele será, se é um público infanto-juvenil, jovem, adultos ou idosos, se é destinado a mulheres ou ambos os sexos, além é claro de quanto o cliente estaria disposto a pagar no produto, entre outras questões. Entender o seu público alvo fará toda a diferença nas suas vendas. 

Tenha um planejamento estratégico

Essa dica vai parecer besta, mas para fazer qualquer coisa, desde a mais básica até a mais complexa possível, precisamos de planejamento, (planejamento é tudo). Você precisa saber o ponto que você está e para aonde você quer chegar, o que você quer fazer e como, certifique-se de todos os requisitos que é necessário para criar um e-commerce. Detalhe tudo e depois tire do papel. E além desse planejamento estratégico, tenha um planejamento financeiro, é fundamental ter noção de quanto de dinheiro será necessário para investir nisso. O planejamento é a chave do sucesso.

Decida se vai produzir o produto ou revender

Esse é um ponto importante também. Se você for apenas revender produtos de outra marca na internet é bem mais fácil e barato. Agora se o caso for produzir, tem que ir atrás de fornecedor, fazer cotação de matéria prima, pensar em layout das peças, e plataforma de hospedagem, são vários fatores para serem analisados.

Hoje em dia existem diferentes plataformas que possibilitam a criação de um site, como WIX e HostGator. Tenha definido qual será o layout do seu site e sua identidade visual, além é claro de fotos de qualidade dos seus produtos.

Defina como será o funcionamento da loja

Nesse passo, você precisa pensar em como vai funcionar a sua loja, se terá outros funcionários para auxiliar, como equipe para o atendimento ao cliente, quem será responsável pelo estoque e por fazer as entregas dos pedidos, se será pelo correio ou transportadora ou você mesma fará a entrega. Decida também quais serão os meios de pagamento, questões sobre frete e quais os prazos.

Estude sobre a área que você está investindo

Você provavelmente não deve dominar as estratégias de e-commerce e marketing digital, então procure estudar a fundo sobre esse tema, qual melhor forma de vender, meios de convencer o cliente a finalizar a compra.  Faça cursos e se especialize nesse assunto para que sua loja virtual seja um sucesso! Seja autêntico, não faça mais do mesmo, busque novas soluções e oportunidades de vender o seu produto.

Se dedique ao cadastro e descrição dos produtos

Um produto que é bem descritivo é a chave para convencer o seu cliente a comprar o produto, porque dessa forma ele já supri todas as possíveis dúvidas que ele teria se visse somente uma imagem do produto. Por exemplo, coloque sempre o tamanho, cor, quantidade, modo de usar, componentes e etc, todas essas informações somadas as imagens de alta qualidade. Outra forma de descrever os produtos que ajudam o público a se interessar pelo produto é a descrição sensorial, ou seja usar palavras como “aveludado” “macio” Dessa forma corre menos risco de o consumidor desistir da compra, além é claro de gerar mais confiança e desejo de comprar.

Uma estratégia muito utilizada por pessoas que tem e-commerce, sites e blogs utilizam muito o SEO e palavras chaves para o Google ranquear o seu site e deixá-lo no topo ou na primeira página.

No caso se a sua loja for de maquiagem, aposte em diferentes fotos do produto, como da embalagem, o produto aplicado na pele (swatch), ele aberto e etc, quanto mais foto, melhor.

Existem mais dicas sobre esse assunto, mas esse é o caminho para você que tem interesse em abrir uma loja virtual. Caso vocês gostem muito, podemos trazer mais conteúdos desse tipo.

você também pode gostar

fique por dentro das
nossas novidades

Para todos os tons,
para todas as peles.

contatos

atendimento ao cliente

falaai@rubyrose.com.br
(11) 3473-0636

assessoria de imprensa

l.donegatti@rubyrose.com.br

eventos

b.nascimento@rubyrose.com.br

siga nossas
   redes sociais

nossas iniciativas

fique por dentro das
nossas novidades

contatos

atendimento ao cliente

falaai@rubyrose.com.br
(11) 3473-0636

assessoria de imprensa

l.donegatti@rubyrose.com.br

eventos

b.nascimento@rubyrose.com.br

nossas iniciativas